Blog Clínica Dr. José Cury

Blog Clínica Dr. José Cury

Qual é a diferença entre Mamoplastia de aumento e Mastopexia

Mamoplastia de aumento e a Mastopexia: quando são indicadas?

Para entender as diferenças entre a mamoplastia de aumento e a mastopexia saiba como elas funcionam

Não é raro encontrar pessoas que confundem a diferença entre mamoplastia e mastopexia, mas a verdade é que existem diferenças entre as técnicas, objetivos e propostas de cada uma.

A mama é parte de destaque no corpo feminino, associado à feminilidade e também é um símbolo de sensualidade, além de influenciar na autoestima e bem-estar. Por isso também, uma grande quantidade de mulheres submetem-se a cirurgias plásticas.

Como é grande a quantidade de opções de cirurgias plásticas para a região das mamas, é normal a confusão sobre qual procedimento escolher e o mais adequado para cada paciente.

Dentro desse contexto é fundamental entender a diferença entre mamoplastia de aumento e mastopexia tanto para o resultado quanto para as indicações de cada caso.

Mamoplastia de aumento

Mamoplastia é uma cirurgia plástica que modifica e transforma o formato das mamas com o propósito de deixá-las harmoniosas e simétricas em relação ao corpo.

Quando se fala em mamoplastia de aumento, nos referimos a uma técnica cirúrgica com o objetivo de aumentar o tamanho dos seios. Nesse procedimento é utilizado prótese de silicone para dar volume mamário e garantir a firmeza dos seios.

A técnica é indicada para pacientes com mamas pequenas ou quando, por causa de uma gestação ou perda de peso, o volume diminui.

Mastopexia

Por outro lado, a mastopexia é um procedimento que corresponde a correção da flacidez sem retirar ou reparar o volume, reposiciona a aréola e o tecido mamário, ou seja, é um lifting das mamas.

Existem diversos motivos que podem resultar na flacidez dos seios como o envelhecimento, a gravidez, amamentação, oscilações de peso e hereditariedade e, por isso, a mastopexia é indicada nesses casos.

No geral, o médico cirurgião irá retirar a pele excessiva da região e remodelar a aparência permitindo com que a mama fique originalmente elevada e bem posicionada.

É importante que sejam avaliados os objetivos da paciente, o grau de flacidez e o procedimento a ser aplicado. Isso irá diminuir os riscos de complicações como perda do mamilo, ruptura da pele e redução da sensibilidade.

Para quem ainda está se perguntando qual a diferença entre entre mamoplastia de aumento e mastopexia, a palavra é volume. Tanto a mamoplastia de aumento quanto a mastopexia são indicadas para restaurar o formato das mamas, manter o equilíbrio do corpo e proporcionar uma autoestima e autoconfiança elevada.

Pós-operatório de cirurgias para mamas

O pós-operatório para ambas cirurgias é bastante semelhante. Entre as recomendações mais comuns estão:

  • retirar os pontos no período de 7 a 15 dias, conforme indicação médica;
  • usar sutiã para sustentação por um mês, isso irá auxiliar na cicatrização;
  • permanecer com o curativo, obedecendo a prescrição médica;
  • não praticar exercícios físicos, por pelo menos 30 dias;
  • não dirigir por 30 dias pós-cirurgia;
  • evitar exposição solar.

Se você deseja melhorar a aparência dos seios, agende uma avaliação e descubra se é a mamoplastia de aumento ou a mastopexia mais indicada ao seu perfil.